01 junho 2006

Dessa vez a Gol exagerou


Mais uma vez tive problemas com a Gol. Nunca postei nada aqui, mas agora chegou ao limite! O que houve foi o seguinte: Minha passagem dizia que eu sairia do Rio de Janeiro no vôo 1541 dia 26/05 às 20h00 chegado em São Paulo às 20h55. Em seguida sairia de São Paulo no vôo 1950 às 22h40 chegando a Uberlândia às 23h50. Mas não foi bem assim que aconteceu...

Saímos do Rio às 21h00 chegando em São Paulo às 22h00. Não me preocupei com a conexão já que o vôo 1950 geralmente se atrasa. E este é o problema.

O aeroporto de Congonhas em São Paulo fecha às 23h00 já que está situado numa região muito habitada e ninguém merece barulho de avião às 04h00 da madrugada! Deste modo, se o tal vôo 1950 se atrasar meia hora que seja, não dá tempo de todo mundo desembarcar e reembarcar antes das 23h00. Resultado, geralmente este vôo é redirecionado para Guarulhos. Aí a Gol enfia todo mundo num ônibus que chega em Guarulhos às 00h00 ou mais. Nestes casos é praticamente impossível o vôo sair antes de 01h00. Com isso, a chegada em Uberlândia, prevista para 23h40 raramente acontece antes de 02h00...

E olha que isso já aconteceu comigo umas oito vezes.....

E isso estava prestes a acontecer naquele 26 de Maio. Os ônibus sairam de Congonhas por volta de 22h30 e chegaram em Guarulhos pouco antes da meia noite. Só um problema, uma neblina extremamente forte impedia que os aviões da Gol pousassem. Mesmo a Tam e a Varig estavam com seus aviões presos no solo sem poder decolar.

Foi aí que começou a demostração de enorme desprepardo do pessoal da gol. Ninguém sabia dizer o que ia acontecer! Não sabiam se iriam esperar o tempo melhorar, se iriam nos direcionar para Campinas (!!!!) ou se iriam nos hospedar em Guarulhos para sair no dia seguinte. Nos mantiveram nos ônibus, sem um copo d'água, sem informações, sem nenhuma assistência aguardando uma decisão.

Cerca de 00h30 veio a tal decisão. Iríamos passar a noite em Guarulhos e seríamos reembarcados no dia seguinte. Aí veio a próxima demostração de despreparo e falta de um plano de contingências: Ninguém sabia quando seria este vôo, se seria um vôo extra ou um vôo normal do roteiro da Gol. Se fosse este o caso, ninguém sabia se haveriam vagas para todos os passageiros. Era impressionante, ninguém sabia nada de nada!

Aí veio uma das grandes pisadas na bola. Perguntei a uma funcionária o seguinte: "Se iremos para hotéis, como posso ter certeza que minha bagagem irá para o mesmo hotel que eu?" As bagagens estavam espalhadas nos OITO ônibus da Gol que saíram de Congonhas em direção a Guarulhos. Era impossível saber onde a bagagem de cada passageiro estaria. Sabe qual foi a solução da Gol?

Abrir o bagageiro de cada um dos ônibus, colocar as bagagens na calçada e dizer a cada passageiro para se virar e encontrar suas malas!!!! Genial não? Impressionante como são eficazes os funcionários da Gol!!!

Eu achei minha mala com certa rapidez, mas algumas pessoas simplesmente foram para o hotel sem saber onde sua bagagem tinha ido parar! Uma completa falta de respeito e logística! Simplesmente colocaram nossa bagagem na calçada e cada um tinha que se virar! O fim da picada! Ou não.....

Peguei minha bagagem, assim como a maioria dos passageiros, e coloquei no mesmo ônibus em que eu iria para o hotel. Saímos do aeroporto em Guarulhos por volta de 03h00 e chegamos ao hotel cerca de meia hora depois. O ônibus parou e fui um dos primeiros a descer. Fiquei parado ali esperando alguma definição quanto às bagagens. Perguntei ao funcionário Gol que nos acompanhou até o hotel sobre o que iria acontecer e ele disse que o pessoal do hotel se encarregaria de levar minha bagagem até o quarto. Eu mesmo abri o bagageiro e peguei minha mala, seguido por alguns outros passageiros. Acho que ninguém mais queria deixar sua bagagem por conta da Gol.

Entrei no hotel e segui para o check-in. À minha frente cerca de 30 pessoas, atrás, cerca de 100 infelizes passageiros. Fiz o check-in e o pessoal do hotel tinha o xerox de uma folha com tudo que nós tinhamos direito que seria pago pela cia áerea. Impressionante! O hotel já tem um sistema para atender a estas emergências! Parece que isso é comum. Só a Gol não consegue ter um plano B!!!

Feito o check-in no hotel, subi para o quarto, deixei minha bagagem e desci para o jantar. Finalmene iria comer alguma coisa! Eram 04h00 e nem uma barrinha de cereal até ali! Jantei e fiquei surpreso ao perceber que o hotel estava pronto para atender aos mais de 140 passageiros que chegaram ao mesmo tempo! O nome do Hotel acho que era Dobly. Uma coisa assim...

Jantei e perguntei pro carinha da Gol sobre o horário do vôo para Uberlândia e sabem qual a resposta? ELE NÃO SABIA!!!! Claro que não sabia! Como um funcionário da Gol poderia saber o horário que um vôo deles sairia para nos levar até nossos destinos? Impossível. Ele me disse que assim que houvesse uma resposta eles ligariam para os quartos avisando. Estou até hoje aguardando tal ligação....

Fui dormir, acordei, vi o treino da F1 (Barrichello mais uma vez à frente do Button) e desci pra tomar café da manhã. Encontrei um passageiro no elevador já descendo com a mala! Fiquei preocupado pois não sabia de nada! Perguntei a ele se já havia uma posição da Gol e ele disse que deixaram uma lista na recepção do hotel. Disse que o horário era 11h00! Caramba já eram 10h00 e eu nem tinha tomado café! Estava atrasado! Ao chegar à recepção descobri que às 11h00 sairia o ônibus nos levando para o areporto de Congonhas! Que horas seria nosso vôo? Onde estav um funcionário Gol para dirimir as dúvidas? Um mistério...

Tomei café, fiz check-out e fiquei esperando o ônibus. Embarcamos as malas e os trouxas que, em alguns casos, por escolha própria decidiram voar Gol. Fomos a Congonhas sem nenhuma informação sobre procedimentos para embarque, horários, nada! Nenhum funcionário Gol por perto!

Chegamos ao aeroporto. E as bagagens? Alguém para nos dizer algo? Nada! Tive mais uma vez que me virar para pegar minha bagagem. Várias filas no check-in da Gol. Qual delas eu deveria pegar? Ninguém sabia dizer ao certo. Chamei o responsável, supervisor, gerente, presidente, sei lá. Ninguém apareceu! Eu estava puto da vida! Ficaram de ligar avisando sobre o horário e não ligaram. Deixaram um bilhete coletivo na recepção do hotel. Não mandaram ninguém para esclarecer as dúvidas. Um ônibus nos pegou no hotel e nos deixou no aeroporto e ninguém nos ajudava! Um porco indo para um abatedouro teria mais assistência!

Quando a supervisora chegou (Miara ou algo escroto assim era o nome dela) disse que o horário do vôo pra Uberlândia seria 13h50. Nos colocaram num vôo normal da Gol. O vôo 1946 saindo às 13h50. O interessante é que durante a madrugada o Supervisor Rodrigo disse que colocariam um vôo extra para atender aos passageiros dos vôos cancelados. Interessante como não dá pra confiar na palavra desse pessoal...

Embarcamos quase 15h00 e chegamos a Uberlândia, após uma aterrissagem desastrosa, às 16h15. Além de tudo a incompetência dos pilotos da Gol é algo assustador! É impressionante o quanto eles pressurizam a cabine! Além disso, cada pouso é um acidente. O avião não pousa, cai!

Esta foi uma das viagens mais trash que já fiz com a Gol. Teve outra que fui parar em BH numa sexta-feira de carnaval, mas essa eu deixo pra depois...

Cara Gol. Treinem melhor seus funcionários. Divulguem as informações. Tenham mais respeito com seus clientes. TENHAM UM PLANO B!!!!!!

"cunhada disse...

Quem diria que no próximo vôo a TAM chegaria mais tarde q a gol...hahahahaha seria cômico se não fosse trágico!

10/6/06 23:09"


Pois é! Vou te contar! Saí de Uberlândia todo feliz por que iria poder zoar o pessoal da Gol. Já tinha tudo planejado:
Iria perguntar ao pessoal da Gol a que horas sairia o ônibus para Guarulhos. Quando alguém me respondesse eu diria: "Ainda bem que estou viajando pela TAM!!!!". Mas o foda é que o vôo da Gol saiu no horário e o da TAM atrasou meia hora. Resultado: a Gol chegou aqui antes de mim....
Snif....

Um comentário:

cunhada disse...

Quem diria que no próximo vôo a TAM chegaria mais tarde q a gol...hahahahaha seria cômico se não fosse trágico!